Elementais, seres da natureza

Elementais, seres da natureza

Elementais, seres espirituais da natureza.

Vemos nos mitos, lendas e estórias contadas no mundo todo por povos antigos a atuação de seres espirituais da natureza, que guardavam e protegiam os campos naturais existentes. Alguns povos, como os Celtas os reverenciavam e faziam oferendas a eles como forma de agradecimento pela guarda e defesa da natureza.

Esses seres são criaturas divinas que estão presentes na natureza, agindo em todos os campos de força naturais, no ar, água, fogo e água, transmitindo e potencializando suas energias nos processos naturais da vida, para a prática de trabalhos que envolvem a ação direta dos Espíritos de luz.

Os Elementais se apresentam em grupos ou famílias e possuem uma consciência intuitiva, assimilando os pensamentos e ideias daqueles que os invocam. São constituídos de substância etérea, que absorvem dos próprios elementos que compõem seu habitat. Estão num estágio de evolução diferente do nosso.

Os Elementais das águas são as sereias, ondinas, ninfas e tritões (masculino). São regidas por Iemanjá se sua atuação for no mar, por Oxum, nas águas doces e por Nanã se forem mais antigas.  As sereias possuem como característica a facilidade em limpar e purificar, descarregando as energias negativas nos ambientes de trabalho espiritual. Seus cantos são poderosos mantras que desagregam as vibrações e formas pensamentos de baixa energia que se impregnam nos campos de força das pessoas. Também afastam espíritos obsessores ou desequilibrados. Harmonizam nossas auras.

Já as Ondinas despertam em nós a capacidade de cura e da purificação; estimulam nossa intuição, criatividade e equilibram nossa natureza emocional. Fortalecem nosso corpo astral, nos dando vigor, despertando em nós a empatia e o amor à vida.

As Ninfas agem como as Ondinas emanando suas vibrações através de sua luminosidade. São seres extremamente belos e doces.

Os Elementais do ar são as fadas e as sílfides. São elas que nos trazem o entendimento da vida e morte, do saber como viver, do reaprender em momentos de mudanças. Irradiam-nos uma energia luminosa e pura e despertam em nós o desenvolvimento da criatividade e imaginação. Auxiliam e ajudam a manutenção dos nossos pensamentos numa vibração superior. Possuem uma fonte de energia vital inesgotável. Auxiliam na reeducação de espíritos cristalizados, embrutecidos, endurecidos. Transformam os ambientes astrais que estão em baixa energia em locais agradáveis, cheios de luz, auxiliando a adaptação desses espíritos em evolução.

As Salamandras são os Elementais do fogo. Elas atuam transformando energias negativas em positivas; bloqueiam pensamentos e emoções inferiores, devolvendo ao ser humano a sensação de paz e harmonia, com o equilíbrio de suas emoções. São grandes transmutadores e condensadores de energia e muito úteis quando há necessidade de queimar ou destruir forças trevosas.

Os Elementais da terra são os gnomos e duendes. São verdadeiros guardiões das plantas, matas, flores e minerais. São excelentes colaboradores nos tratamentos de cura e fluidificação de água, pois manipulam os elementos do mundo vegetal.

Devemos respeitar essas forças existentes na natureza e que podem nos ajudar nos trabalhos de caridade que existem na Umbanda.

Texto escrito por  Rossana Di Natale

Sem Comentários

Escreva um Comentário