Regras

NORMAS GERAIS DA ASSISTÊNCIA

 

OBJETIVO
Padronizar as responsabilidades, disciplina e condutas a serem seguidas por todos os membros da assistência, antes, durante e depois dos Trabalhos no Templo Espiritual de Umbanda Caboclo Pena Verde, quer seja no Terreiro, no Santuário ou em outras atividades programadas sob o comando da Mãe de Santo.

 

CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Todos os participantes, sejam Filhos de Santo internos ou assistência devem se conscientizar que estão dentro de um Templo religioso, lugar sagrado, e que estarão em comunhão com Orixás e Entidades de elevada luz e de acentuado grau de evolução. Deve haver uma completa sinergia entre os dois planos, o material e o espiritual, que exige determinadas condutas e atitudes no sentido de se evitar qualquer interferência na Corrente. Ao entrar no Templo e nos tornarmos assíduos frequentadores, estamos automaticamente assumindo nossa condição de Umbandistas por nosso livre arbítrio. Uma vez convertidos a religião nos obrigamos a defendê-la e honrá-la acima de quaisquer circunstâncias, por meio da fé, da dedicação e principalmente, do amor e respeito na pratica de seus ensinamentos no dia a dia durante toda a vida seja, dentro ou fora do Templo.

Os resultados trazidos pela Umbanda nem sempre são imediatos e podem não ocorrer dentro do tempo que imaginamos ser o ideal, da forma que idealizamos ou no que entendemos seja o melhor para nós, mas com certeza, sempre teremos palavras consoladoras, orientadoras, esclarecedoras (baseadas em vidas passadas) e otimistas que nos darão o encaminhamento que fará nossa jornada mais amena e feliz. Portanto usem mais esta oportunidade com muita fé que nosso Pai Oxalá nos concede e sejam agentes multiplicadores da Umbanda.

 COMPROMISSO E OBRIGAÇÕES

É de responsabilidade de toda a assistência:

  • O fiel e irrestrito cumprimento das normas aqui estabelecidas, não se aceitando como desculpa seu desconhecimento, no Site. O descumprimento destas normas, desacato a integrantes do Templo, Filhos de Santo ou Entidades, bem como depor contra a imagem do mesmo, implicarão em advertência e/ou penalidades a critério da Casa.

 

  • Após a terceira consulta todo consulente deve associar-se. Para tanto,
  • deve preencher a ficha de inscrição na secretaria, necessária para o registro e identificação do consulente, a carteira de sócio será entregue logo depois de realizada a inscrição e o pagamento deverá ser efetuado dentro do mês corrente. O consulente deverá trazer sempre consigo a carteira de sócio para sua identificação e comprovação do devido pagamento. A carteira de sócio dá direito a pessoas da mesma família (marido, esposa e filhos até 15 anos não pagam). Outros casos de relação familiar serão analisados pela secretaria. A casa depende desta contribuição para manutenção, conservação e funcionamento, pois não temos vinculo com órgãos governamentais. Aqueles que estiverem em dificuldades de ordem financeira ficarão isentos de tal contribuição até o restabelecimento de sua condição. Poderão também contribuir com um valor mínimo combatível com sua condição financeira atual. Para maiores esclarecimentos entrar em contato com a Secretaria.
  • A partir das 17:30 horas o Templo será aberto e serão distribuídas senhas aos consulentes por ordem de chegada. As pessoas ao retirar as senhas não poderão se ausentar do Templo. Se isso ocorrer a ficha deverá ser devolvida. É vedado a todos retirada de senhas para pessoas que não estiverem no Templo.
  • Cada pessoa deverá portar uma senha, mesmo sendo casal.+
  • Não será permitida a permanência de pessoas com roupas escuras, justas e transparentes, curtas, decotadas, bermudas, shorts, bonés, ou quaisquer outros tipos que não estejam adequados com o ambiente de um Templo Religioso. As pessoas que não estiverem vestidas adequadamente, deverão obrigatoriamente colocar um avental fornecido pela casa, que deverá ser devolvido por ocasião da saída, mantendo-o fechado enquanto estiverem dentro do Templo. Caso mesmo com esta providência a condição ainda não for conveniente, deverá retirar-se do Templo.
  • Os locais de espera dos consulentes são divididos em duas partes sendo uma para acomodação dos homens e outra para as mulheres. Em hipótese nenhuma será permitido reservar lugares para outras pessoas.
  • É estritamente proibido deixar bolsas, casacos e outros pertences na cadeira quando o consulente estiver em consulta ou em outro local, mantendo seus pertences sempre juntos de si. O Templo não tem qualquer responsabilidade sobre a perda ou qualquer tipo de extravio destes objetos.
  • Uma vez nos locais de espera, devem permanecer em profundo silêncio e concentrada meditação, aproveitando este momento para uma oração, leitura de um livro ou literatura espírita, podendo utilizar livros de nossa biblioteca. A partir das 18 horas, haverá a projeção de mensagens com temas voltadas a Espiritualidade, orientações e ensinamentos relacionados a mediunidade, normas e regras e conhecimentos sobre o Templo, que permanecerá até o inicio da preleção de abertura e retornando após a abertura e preleção das Entidades Chefes. Toda conversa longa que perturbe o ambiente, será coibida e se persistir será solicitado à retirada do local.

 

  • É terminantemente proibido a qualquer consulente passar por mais de uma Entidade para consulta.
  • Caso o número da ficha de consulta tenha sido chamado e o consulente não se apresentar de imediato por não estar presente no Templo, quando do  retorno, este será chamado após a última ficha do Médium.
  • Os pais acompanhados de seus filhos pequenos (crianças), deverão mantê-los sob sua guarda, ao seu lado, evitando brincadeiras, gritarias e acidentes, como por exemplo, entrar no Cruzeiro tocando ou apagando velas, correndo o risco de se queimarem. Sendo também responsáveis por quaisquer danos causados.
  • Qualquer dúvida ou sugestão sobre a doutrina ou regulamento, deverá ser tirada junto a um Médium de Apoio, que dependendo da complexidade do assunto a encaminhará para um Médium dentro da hierarquia da Casa que esteja apto a responder/orientar. As dúvidas e/ou sugestões de ordem administrativa, devem ser tiradas na secretaria.
  • Quando for acender velas no Cruzeiro deverá fazê-lo do fundo da mesa de assentamento de velas para frente, desta forma teremos um uso mais racional do espaço, bem como evitaremos acidentes com outras pessoas. Observar que as velas de sete dias devem ser assentadas na mesa inferior e as pequenas na mesa superior. O acendimento das velas será feitos através de uma vela especificamente para essa finalidade, que permanecerá acessa em um recipiente adequado, sobre a mesa superior.
  •  Não é correto aceder velas em outras já firmadas e assentadas.
  • As velas dos Trabalhos de Esquerda (preta/ vermelhas), bem como para Omulu (branca, preta e vermelha), não poderão ser acesas no Cruzeiro. Deverão ser deixadas na secretaria, cuja incumbência de acendê-las é dos Filhos de Santo designados para este fim.
  • Por questão de respeito e bom senso, seja breve, fale o estritamente necessário para que suas consultas não sejam longas nem cansativas para os Médiuns, lembre-se que os Médiuns terão muitas outras consultas para fazer e há outros consulentes aguardando sua vez.
  • Todo e qualquer assunto de ordem pessoal deverá ser tratado somente com as Entidades durante consulta, não deve ser tratada com nenhum Médium, dentro do Templo prejudicando a preparação do Médium ou mesmo o andamento dos trabalhos. É expressamente proibido comentários extra consultas sobre assuntos pessoais, e da mesma forma qualquer comentário referente a terceiros.
  • Toda assistência deve permanecer em postura de oração e concentração, não podendo cruzar as pernas ou braços (para não cortar a fluência da energia gerada pelos trabalhos), ou permanecer em pé acima ou ao pé da escada ou mesmo conversando em voz alta próxima ao Cruzeiro, perturbando a concentração nas orações e firmeza das velas.
  • Pede-se que as velas utilizadas nas orações e firmezas sejam adquiridas no Templo por questões de procedência da mesma, evitando assim o uso de velas provenientes de material reutilizado.
  • O espaço externo sob a cobertura esta disponível para o acesso a lanchonete e a permanência enquanto consomem seus alimentos, não utilizando o interior do Templo para este fim.
  • É terminantemente proibido o uso de celulares ou qualquer outro tipo de aparelhos eletrônicos dentro das dependências do Templo.
  • Todo e qualquer membro da assistência que dentro de sua vivência e experiência profissional queira doar um pouco de seu conhecimento em trabalhos de reparos e manutenção ou outras atividades que venham a auxiliar a preservação do espaço físico do Templo pode entrar em contato com a secretaria que o informará sobre as possíveis necessidades momentâneas.

 

“A participação, colaboração, bom senso e respeito às Normas e Regras do Templo fortalece nossa fé e aumenta a eficiência dos resultados e objetivos de nossa doutrina.”