• Seja bem vindo !

    Este site foi criado com o objetivo de divulgar a Umbanda e seus ensinamentos, atingindo não apenas os que frequentam nosso Templo, mas todos que se interessarem pela religião. Aqui você encontrará textos sobre rituais e normas de nossa Casa, reflexões da nossa Mentora, preleções das Entidades Chefes, temas desenvolvidos por médiuns da Corrente e de Saúde e Medicina Espiritual. Leia Mais
  • Nosso Livro

    O livro "Mensageiros da Espiritualidade" traz relatos ditados pelas Entidades Chefes e pela Mentora Espiritual do Templo Espiritual de Umbanda Caboclo Pena Verde, em um manifesto aos seus filhos, frequentadores e à humanidade, sobre os preceitos e conduta que regem a Umbanda Sagrada nos dias atuais... Leia Mais
  • Conheça nossa página do FaceBook

    https://www.facebook.com/Templo-Espiritual-De-Umbanda-Caboclo-Pena-Verde-212423025776472/ Leia Mais

Caboclo

Caboclos

 

A primeira manifestação de Umbanda que se tem notícia é do Caboclo das Sete Encruzilhadas (em 1908 pelo médium Zélio Fernandino de Moraes) que justifica chamar-se “caboclo” por ter sido índio em uma encarnação aqui no Brasil.

São os Caboclos os verdadeiros mentores da Umbanda, se apresentando como linha de frente e de comando dentro da religião, sendo na maioria das vezes quem responde pela chefia e responsabilidade do que é realizado dentro de um Templo de Umbanda.

São Entidades de luz que trabalham transmitindo valores de fraternidade, moral, espiritualização, honra, coragem, caráter, tolerância e caridade. Possuem alto grau vibracional e nos ajudam com seus conselhos e exemplos para nossa evolução espiritual, regem o conhecimento e a passagem dos valores espirituais.

Esses espíritos que estão na linha dos Caboclos são espíritos que estão entre o terceiro e o quarto nível de evolução, portanto estão muito evoluídos e que por amor à humanidade retornam ao plano físico para ajudar, acolher, orientar através dos trabalhos espirituais.

O Caboclo simboliza o indígena, então a forma arquetípica, a forma plasmática que possui incorporado é a de um índio, que se apresenta de maneira simples, firme e séria. Alguns desses espíritos não foram índios em vidas passadas, mas escolhem trabalhar nessas falanges pela semelhança e sintonia com essas vibrações. Quem sustenta o Grau Caboclo é o Orixá Oxóssi, mas os espíritos que trabalham como caboclos podem ser de falanges regidas por qualquer outro Orixá. Como exemplo podemos citar o Caboclo Pena Verde: o nome ‘Pena’ diz que ele é caboclo e a cor ‘Verde’ diz que ele é de Oxóssi. Assim, através do nome, podemos identificar mais facilmente quais são as falanges e quem rege determinado Caboclo. Eles são espíritos ligados à natureza, a vida simples, ao respeito por todo tipo de vida. E é nessa simplicidade, nessa humildade, nesse respeito às coisas que foram criadas por Deus que os Caboclos nos ensinam o desapego, o amor e a melhora interna que devemos ter para nosso crescimento espiritual.

Caboclo Pena Verde

Entidade regida pelo Orixá Oxóssi, foi o responsável por iniciar os trabalhos no TEUCPV. Atuou através de sua médium, Mãe de Santo, Anna D’Orto, a fundadora do Templo, hoje nossa Mentora Espiritual.

Ele é o responsável pelo comando do Templo, rege a formação da corrente no objetivo de prestar a caridade, a orientação, a proteção e os cuidados no acompanhamento da evolução e desenvolvimento dos Filhos de Santos e dos frequentadores do TEUCPV. Todas as Entidades que se manifestam no Templo seguem suas orientações de prática e conduta.

PONTO DE CHAMADA NA ABERTURA DA GIRA: o ponto cantado para a Entidade Caboclo Pena Verde é o mesmo cantado para o Orixá Oxóssi, por ser essa a Entidade de comando de Direita da Casa.

 

CABOCLO ROXO DA PELE MORENA

É SEU OXÓSSI CAÇADOR LÁ DA JUREMA (BIS)

 ELE JUROU, ELE JURARÁ

PELOS CONSELHOS QUE A JUREMA VAI LHE DAR (BIS)

 EU VI CHOVER, EU VI RELAMPEJAR

MAS MESMO ASSIM O CÉU ESTAVA AZUL

 FIRMA SEU PONTO NAS FOLHAS DA JUREMA

OXÓSSI É DONO DO MARACAJÁ (BIS)

 

Cabocla Jurema

Entidade regida pelo Orixá Oxóssi, atua através da médium e atual Mãe de Santo Sonia Aparecida Ruótolo Moreno. É a Entidade herdeira das atribuições e obrigações deixadas pelo Caboclo Pena Verde para continuidade e comando do TEUCPV após a passagem de Anna D’Orto.

É a Entidade de Chefia de Direita de estreita ligação com o Caboclo Pena Verde, a Mentora Espiritual, as Entidades de todas as linhas e o plano dos Orixás. Ela rege uma falange de Caboclas Juremas que se apresentam para os trabalhos no Templo. Tem sob sua responsabilidade, através da Mãe de Santo, conduzir e estabelecer ordem e disciplina; preservar a firmeza da corrente e dos pontos de segurança do Templo; fornecer orientação aos Filhos de Santo e frequentadores, bem como às Entidades que compõem a corrente e às que apoiam os trabalhos; manter e preservar a corrente para que se tenha sempre um ambiente apropriado para a realização dos trabalhos e do manifesto aos Orixás.

PONTO DE CHAMADA NA ABERTURA DA GIRA:

 

JUREMA, SEU SAIOTE É TÃO LINDO, SEU CAPACETE É DE PENAS

COMO BRILHA O SEU DIADEMA (BIS).

JUREMA Ê Ê, JUREMA Ê A JUREMA FILHA DE TUPINAMBÁ (BIS)

ELA SEMPRE FOI E SEMPRE SERÁ

RAINHA DA JUREMA ONDE CANTA O SABIÁ (BIS)